Preparo emocional para o parto

Hoje vamos dar seguimento a nossa trilogia do parto. Começamos pela parte espiritual, que você pode ler clicando aqui: Plano de parto espiritual.

Agora passamos por outra área muito importante durante a gestação. Aliás, posso dizer que essa parte é fundamental para a vida.

Quando somos tentantes a carga emocional que direcionamos para o desejo de uma gestação é enorme. Basta uma leve suspeita que a ansiedade começa a ocupar a nossa mente.

No entanto, se o positivo não vem, esse “boom” mental se transforma em frustração.

Somos um caminhão de emoções e precisamos deixar a nossa mente minimamente organizada para passar por essa trajetória com o mínimo de arranhões.

Sendo assim, a primeira dica é: faça terapia!

Estando grávida ou não, manter a nossa saúde mental é um ponto crucial para o restante das nossas decisões. É uma pena que nem todos tenham acesso à esse cuidado tão especial.

Mas se você pode. Faça!

Pensa comigo, muitas de nós trazemos na nossa intimidade muitos traumas, e que na maioria das vezes estão guardados no nosso subconsciente, bem escondidos. Afinal, ninguém gosta de escancarar suas dores em tempos “normais”, imagina gestando, quando os hormônios estão à flor da pele.

Achamos que deletamos nosso passado como uma conversa de whattsapp , mas a verdade é que tudo permanece ali, e elas precisam ser consideradas para que possamos dar o próximo passo.

Por esse motivo, é necessário que durante a gestação, se possível antes, fazer um acompanhamento psicológico para que você tenha consciência e aos poucos ir trabalhando, para que esses traumas não venham atrapalhar na hora do trabalho de parto.

Faça memória de toda sua história, olhe da concepção até o dia atual, tente identificar as cicatrizes que você ainda carrega. Esse é um passo que você pode dar sozinha, no seu momento mais íntimo.

Você pode anotar suas memórias em um diário, fique a vontade para levar à um profissional, diretor espiritual ou trabalhar esse passo a passo sozinha, desde que isso seja feito com cuidado.

Depois desse primeiro passo, você começa a analisar quais atitudes pode tomar para que aquilo não prejudique o seu momento atual. Que não influencie no seu momento de parto.

Qual o motivo do seu medo? Por que o receio de algo que seu corpo foi feito para fazer? Gerar, parir (e aqui eu não digo apenas sobre o parto normal, já que cesária também pode ser o nosso medo).

Esse é o momento de você “expulsar” seus medos e se tranquilizar para ter um parto com a mente calma e focada nesse momento.

Reconheça as suas fragilidades e as coloque para fora, tenha uma alma curada para seguir em frente. Se conheça, se compreenda e assim decida qual caminho quer seguir. 

Nós nos preparamos de muitas maneiras para esse momento. Deixamos a casa pronta, comida congelada, vamos ao salão, nos alimentamos bem, estudamos… No entanto, esquecemos que é preciso muito mais do que um corpo pronto.

É preciso um emocional firme!

Até porque, nem sempre  a vida segue os nossos planos. E tudo isso que você organizou pode mudar com um piscar de olhos.

Entenda que esse post não é para te desanimar, pelo contrário, é para te ajudar a viver esse momento de uma forma profunda. Onde você pode se entregar totalmente. Corpo, alma e espírito. 

Estamos juntas nessa busca por maternidades saudáveis, tranquilas, gratas e entregues com alegria, mesmo diante dos sacrifícios que nos envolve.

Ah! Clica nesse link que tem mais uma dica super legal para você se preparar para o parto: Para uma gestação tranquila.

Tem uma amiga gravidinha ou que está pensando em se abrir para esse mundo doido? Então compartilha esse post com ela!

Juntas somos mais fortes s2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: